Palavras mágicas

Vilmar Ferreira
22 de dezembro de 2016
Liderar gera lucro!
31 de janeiro de 2017

AS PALAVRAS MÁGICAS

Do livro de Tim David

Palavras mágicas nos são ensinadas desde a infância com o objetivo de vivermos socialmente. Aqui, Tim David, mágico profissional, palestrante e empreendedor nos ensina que determinadas palavras bem utilizadas podem estimular pessoas a uma interação contigo que seja favorável, as engajando para objetivos comuns. Um líder deve saber bem utiliza-las

SIM – Ao buscar pelo sim de alguém, primeiro procure fazer perguntas ou descrever situações que o levem a dizer sim naturalmente algumas vezes antes de entrar com o questionamento desejado. A possibilidade de receber um sim, ou pelo menos, de receber uma avaliação de boa vontade da pessoa, aumenta bastante. Afirmações negativas devem ser reduzidas do seu vocabulário. Dizer não é importante, porém quando for o caso de se posicionar definitivamente sobre algo.

MAS – Esta palavra mágica divide uma frase em duas e tem o poder de amenizar o teor da primeira parte e fortalecer a segunda. Se você quer um dos dois objetivos deve saber usar a palavra mágica. Exemplo: Você é muito bom, MAS está fazendo errado. É bem diferente do inverso: Você está fazendo errado MAS considero você muito bom. Na primeira situação fica enfatizado a crítica, na segunda o elogio.

PORQUE – Se há algo que engaja as pessoas é faze-las compreender o propósito de algo. Quando você usa o “porque”, enfatiza o objetivo daquilo e fica muito mais fácil de que os outros “comprem” a sua proposta. Explicar o porquê de uma visão faz os outros se comprometerem com ela.

SE – Muitos projetos são limitados por crenças que nos fazem acreditar não sermos capazes ou merecedores de construir algo importante. A palavra mágica SE quebra muitas barreiras projetando um futuro possível além desta limitação. “Se fosse possível, como você se sentiria”?, “Se isto acontecer, que ganhos lhe trará”? O uso da palavrinha SE é poderoso para ampliar possibilidades e deve ser utilizada com frequência.

ME AJUDA (HELP) – Quando solicitamos a ajuda de alguém, especialmente um liderado, geramos uma sensação de importância ao outro, de relevância, afinal isto demonstra que ele tem algo a oferecer. Saber falar ME AJUDA de maneira inteligente também compromete as pessoas com você.

OBRIGADO – É uma palavrinha mágica fundamental que deve ser usada sem moderação, de preferência com ênfase, “Muito obrigado”, “Obrigado mesmo hein”!, “Ei cara, valeu mesmo, muito obrigado”. Valida a pessoa, motiva e remunera

Tim David participou recentemente do TED, com uma palestra interessante sobre “Refazendo as conexões humanas”, onde disserta sobre a necessária reconexão entre as pessoas que desejam objetivos comuns.

A comunicação é um dos pilares dos relacionamentos de longo prazo. Quanto melhor você se desenvolve nesta área, mais resultados constrói. Use bem as palavrinhas mágicas e promova seu fator de influência.

Você está utilizando? Deixe seus comentários!

1 Comentário

  1. Luciana Fonseca disse:

    Amei esse texto, É verdade. A sutileza destas palavras utilizadas no momento certo, abrem portas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *